O Ofício Da Ilusão

Sinopse

O ofício da ilusão esculpe-se com imagens de um arquivo de família das décadas de 70 e 80 e de pequenos excertos sonoros de filmes. Madame Bovary é a heroína de Flaubert e abre as hostes deste exercício narrativo. A partir do diálogo de Ema Paiva com o seu amigo e confidente Pedro Lumiares no filme Vale Abraão de Manoel de Oliveira, entendemos a identidade de género como uma caracterização estanque de valores sociais. Ema, que aqui representa a Mulher num sentido mais lato, herda uma vida tradicional numa sociedade patriarcal. Neste semblante de opressão, Ema interroga a sua condição e a sociedade em que se insere. Graças ao bovarismo integrante em cada mulher, a força da desobediência queimará o caminho que outrora fora idealizado para si.

Título Original
O OFÍCIO DA ILUSÃO
Realizador
Cláudia Varejão
Produtor
Cláudia Varejão
Argumento
Cláudia Varejão
Montagem
Cláudia Varejão
Som
Cláudia Varejão
Língua Original
Inglês, Português
Legendas
Inglês, Português

Este filme em números

  • 1 Selecções em Festivais
  • 1 Exibições

Selecção em Festivais (em competição)

10.2020
Curtas Vila do Conde Festival Internacional de Cinema, Portugal

Alto Patrocínio

Apoio

Membro fundador