Jorge Quintela

Biografia

Porto, 1981. Formou‐se em Fotografia e Audiovisual, em 2003, na Escola Superior Artística do Porto. Trabalha em cinema como realizador e diretor de fotografia, colaborando, nesta área, com realizadores como Edgar Pêra, Rodrigo Areias, Rita Azevedo Gomes, Gabriel Abrantes e Salomé Lamas e Diogo Costa Amarante. Em 2010, estreia se a realizar com um documentário sobre o músico The Legendary Tigerman, On The Road To Femina, apresentado no IndieLisboa, e a curta‐metragem de ficção, Ausstieg, premiada com uma Menção Honrosa na Competição experimental do Curtas Vila do Conde e que foi exibida em vários festivais internacionais. Em 2011, realiza o amor é a solução para a falta de argumento, galardoado com o prémio de Melhor Curta‐Metragem Portuguesa, em 2012, no FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema, que tem lugar em Espinho. Em 2013, ganha, com Carosello, o Grande Prémio do Curtas Vila do Conde e os prémios de Melhor Curta‐Metragem e Prémio do Público no Festival de Cinema Luso‐Brasileiro. A sua última curta‐metragem, Sobre El Cielo, de 2015 esteve em competição em importantes festivais internacionais destacando se o NEXT film Festival em Bucareste e Crossing Europe Film Festival em Linz. Paralelamente ao seu trabalho em cinema, tem apresentado obras de instalação vídeo e 16mm e performances audiovisuais, destacando‐se, em 2015, Spectroscope e Radioscope, exibidas na Solar – Galeria de Arte Cinemática, e no CAAA – Centro para os Assuntos da Arte e Arquitetura, em Guimarães. Em 2016, com a colaboração de Rui Lima e Sérgio Martins, cria SoundScope Cinema, apresentado no Curtas Vila do Conde e no Temps d’Images Lisboa. Colabora igualmente com a Sonoscopia Associação Cultural na criação dos projetos de performance/instalação “Drapper Point e Sublumia” que foram apresentados no Festival de Arte Sonora Lisboa Soa 2018 e na exposição Disposofónicos no Palacio Vila Flor em Guimarães

Alto Patrocínio

Apoio

Membro fundador