Filmes de Paulo Patrício e Diogo Costa Amarante no Queer Porto e Lisboa

10 Setembro 2021

"O Teu Nome É", de Paulo Patrício e "Luz de Presença", de Diogo Costa Amarante integram, respetivamente, as competições oficiais do Queer Porto e Lisboa.

"O Teu Nome É", de Paulo Patrício (LUNA BLUE FILM, AMBIANCES ASBL, Animais AVPL) competirá pelo Prémio Casa Comum na mais recente edição do Queer Porto, a decorrer entre 12 e 16 de outubro.

A obra é um olhar sobre o caso do assassinato de Gisberta Salce Jr., transexual, seropositiva, toxicodependente e sem-abrigo que foi violentamente torturada durante vários dias por um grupo de 14 adolescentes no Porto, em 2006. Com testemunhos de amigas transexuais de Gisberta, assim como entrevistas inéditas a dois dos envolvidos no caso. Abordando conceitos como memória, violência, condição social, discriminação e identidade de género, “O Teu Nome É” confronta dessa forma diferentes perspectivas e dimensões da condição humana.

O filme que recebeu, em julho, o Prémio My Generation no 29º Curtas Vila do Conde, marca agora presença no Queer Porto.

"Luz de Presença", de Diogo Costa Amarante integra a Competição de Curtas Metragens do 25º Queer Lisboa, que terá lugar entre 17 e 25 de setembro.

O Queer Lisboa foi criado em 1997 e tem como propósito específico a exibição de filmes de temática gay, lésbica, bissexual, transgénero, transsexual, intersexo e de outras sexualidades e identidades não-normativas, num género cunhado internacionalmente como  “Cinema Queer”.

Mais informações aqui.

Alto Patrocínio

Apoio

Membro fundador