Regina Pessoa vence Grande Prémio do festival Anima Mundi

22 Julho 2019

Depois de ter sido premiado em Annecy, França, a curta-metragem "Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias" volta a ser distinguido no festival de animação brasileiro.

A curta-metragem "Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias", de Regina Pessoa, venceu o Grande Prémio do Festival Internacional de Animação do Brasil - Anima Mundi.

Além do Grande Prémio, o filme foi ainda distinguido com o prémio para o Melhor Design de Som.

"Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias" foi distinguido, em Junho último, com o Prémio do Júri e o Prémio para Melhor Música Original (para o compositor canadiano Normand Roger) no Festival de Cinema de Animação de Annecy, em França.

Esta curta-metragem de 13 minutos, distribuída e promovida pela Agência da Curta Metragem e co-produzida entre Portugal (Abi Feijó, Ciclope Filmes), França (Reginald de Guillebon, Les Armateurs) e Canadá (Julie Roy, ONF), é um comovente tributo a um poeta do quotidiano. É um testemunho do amor de Regina Pessoa pelo seu tio excêntrico, pessoa que se tornou uma inspiração artística e desempenhou um papel fundamental no seu desenvolvimento como cineasta.

Regina Pessoa nasceu em Coimbra e licenciou-se em Pintura pela Faculdade de Belas Artes do Porto. Em 1992 começou a trabalhar em animação como animadora no filme “Os Salteadores” de Abi Feijó, fez a animação e a pesquisa gráfica para o filme “Fado Lusitano” de Abri Feijó e fez animação em areia para o filme “Clandestino” de Abi Feijó. Em 1996 começa a realizar os seus próprios filmes de animação, obtém um grande reconhecimento e ganha inúmeros prémios, tornando-se uma referência incontornável da Animação Portuguesa. Todos os seus filme fazem parte da lista de filmes do Plano Nacional de Cinema, e são estudados por crianças e jovens das escolas Portuguesas. Em 2016 torna-se “Senior Lecturer” na escola de Animação Alemã FILMAKADEMIE e em 2018 é convidada para ser membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

Alto Patrocínio

Apoio

Membro fundador